30

Out, 2015

Protótipos de habitações de baixo custo em Moçambique

By: | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Comments: 0

O Departamento de Assentamentos Humanos da Escola de Arquitetura, Design e Conservação da Royal Danish Academy of Fine Arts desenvolveu um protótipo de habitação de baixo custo para Maputo, Moçambique, como parte do projeto de pesquisa “Casas Melhoradas“. O protótipo reinterpreta a tradicional “casa de madeira e zinco” da região, construída com madeira e chapas metálicas onduladas, e a “casa de blocos”, composta por blocos de concreto.

© Johan Mottelson

© Johan Mottelson

O projeto apresenta “uma base sólida de concreto no térreo e um segundo pavimento leve de madeira”, com balcões externos que proporcionam “uma zona de transição social entre o interior e o exterior”. Além disso, o protótipo utiliza madeira da região e carpinteiros e artesãos locais para construir e montar os elementos pré-fabricados.

© Johan Mottelson

© Johan Mottelson

O projeto de pesquisa Casas Melhoradas busca melhorar as condições do ambiente construído para grupos de baixo poder aquisitivo em áreas de favelas. Através de habitações acessíveis para aluguel, o projeto espera “facilitar o desenvolvimento de ambientes urbanos mais compactos” e fazer “investimentos futuros em infraestrutura mais eficientes em termos de custo.”

Assim, o projeto visa conter o rápido crescimento horizontal de Maputo que levou ao surgimento de áreas não planejadas que carecem de infraestrutura básica.

© Johan Mottelson

© Johan Mottelson

© Johan Mottelson

© Johan Mottelson

A Royal Danish Academy está trabalhando em parceria com diversos grupos neste projeto, incluindo a Faculdade de Arquitetura e Planejamento Físico da Universidade Eduardo Mondlane, a ONG moçambicana Estamos, e a filiar dinamarquesa do Architects without Borders.

 © Johan Mottelson

Os primeiros protótipos de habitação foram concluídos entre 2014 e 2015 e fazem atualmente parte da exposição África no Louisiana Museum of Modern Art. O projeto busca desenvolver novos protótipos em 2016. Saiba mais sobre a inciativa aqui.

Arquitetos: Jørgen Eskemose and Johan Mottelson, Department of Human Settlements, Institute of Architecture, Urbanism and Landscape, The Royal Danish Academy of Fine Arts, School of Architecture, Design, and Conservation
Localização: Maxaquene, Maputo, Moçambique
Área: 55 m²
Ano do projeto: 2015
Créditos das fotografias: Johan Mottelson

Fonte

Leave a Reply